content long 18-August-2019 23:12:43

Winners - Portugal

16 - 18 years old - Saturn's rings, with three of Saturn's moons: Tethys, Enceladus, and Mimas

Author:

Gabriela Alves da Encarnação Rodrigues

Todas as propostas colocadas para observação dos diversos astros são de grande importância e necessitam de serem exploradas. No entanto, acredito que possuirmos a oportunidade de observar não um, mas três satélites (Enceladus, Mimas e Tétis) e os anéis de Saturno é algo que não se pode perder. Logo, as câmeras de Cassini devem ser apontadas de acordo com a proposta número 1, por diversas razões. Para começar, Saturno é um dos planetas mais longínquos do Sistema Solar. Portanto, podermos observar os seus anéis e satélites permite-nos perceber melhor quais as suas diferenças, comparativamente ao nosso Planeta e não só, e, possivelmente, descobrir novos materiais que até então não temos conhecimento que lá existem. Isso levar-nos-á a entender melhor a história do nosso Universo e, particularmente, do planeta Saturno. Estudarmos os seus anéis guiar-nos-á por novos caminhos, uma vez que é desconhecida a idade destes anéis e pouco se conhece acerca da sua composição. Sabendo apenas que estes são constituídos por gelo, pedras e poeira e obtendo imagens destes anéis, poderemos estudar em maior pormenor os seus componentes e, consequentemente, compará-los estruturalmente a materiais terrestres ou mesmo de meteoros, que sabemos terem tido origem no início do Universo, concluindo há quanto tempo os anéis de Saturno existem. No entanto, não só os anéis de Saturno são de grande importância, mas também os seus três satélites que poderão ser observados: Enceladus, Mimas e Tétis. O Enceladus é um dos satélites mais intrigantes do Sistema Solar. Já foi possível descobrir que, abaixo da sua superfície, existe um oceano de água líquida. Como todos sabemos, a água é essencial para a existência de vida, assim como a distância ao sol, existência de atmosfera e outros fatores. Portanto, pela teoria, a presença de vida lá seria bastante improvável. No entanto, o Universo é tão imprevisível que tudo o que conhecemos até agora poderá ser completamente diferente na sua outra ponta. Portanto, obtermos imagens deste satélite permitir-nos-á estudar as suas características tão fantásticas. O Mimas é um satélite natural bastante semelhante ao nosso, visto que possui, também, diversas crateras de impacto e, possivelmente, a sua origem foi semelhante à da Lua. É também um dos satélites mais próximos de Saturno, logo, obter uma imagem da sua órbita permitir-nos-á entender melhor a interação entre esta e a órbita de Saturno. O Tétis possui, também, diversas crateras, sendo que algumas estas crateras e falhas na superfície demonstram que este satélite já foi internamente ativo. Logo, ao estudar a sua superfície será possível estudar melhor o porquê deste ser agora inativo, os seus matérias e todas as suas interessantes características, como a presença de gelo nos polos. Concluindo, obter uma imagem em que se observem os anéis de Saturno e os três satélites mencionados será bastante vantajoso para a exploração pela sonda Cassini, visto que poderá responder a questões ainda existentes, fazer aparecer outras e dar-nos-á variadas informações de enorme importância.


Last Update: 20 May 2016

For further information please contact: SciTech.editorial@esa.int

Related Articles